Artes + Feminismos I Arte e Trabalho – maio de 2020

Artes + Feminismos I Arte e Trabalho – maio de 2020



A coletiva de pesquisa NaPupila, o Wiki Movimento Brasil (WMB) e o Instituto Moreira Salles em continuidade ao trabalho do Arte+Feminismo no Brasil realizando a maratona online de edição “Edit – a – thon Artes + Feminismos / Arte e Trabalho”, nos dias 23 e 24 de maio.

A iniciativa fez parte da mobilização internacional Arte + Feminismo, que pretende suprir a lacuna de temas relacionados a gênero na internet, especialmente na Wikipédia. O objetivo é aumentar a visibilidade das histórias de mulheres cis, transgênero e indivíduos não-binários, incentivando a participação de novas editoras. 

Atividade aberta ao público


Interessados em participar precisam apenas seguir as instruções abaixo.


Programação completa


23 de maio, das 14h às 17h

Diálogos: Informações e pesquisa:

14h – Apresentação do projeto  – NaPupila 

14h30 – Licenças Livres –  com Juliana Monteiro, Creative Commons Brasil

15h – Wikipédia e Conhecimento Livre  – com Giovanna Fontenelle,  Wiki Movimento Brasil 

16h às 17h – Apresentação – “Fotografia, feminismos e trabalho” com Daniele Queiroz


24 de maio, das 14h às 18h

Ação coletiva:  Atualização colaborativa de conteúdo 

14h – Apresentação do projeto – NaPupila 

14h30 –  Tutorial Wiki – Wiki Movimento Brasil 

Até às 18h – Maratona de edição


____________________

Após a Organização das Nações Unidas (ONU) passar a celebrar oficialmente o dia 8 de março como o Dia Internacional da Mulher, em 1977, a data se tornou um marco de luta por direitos em muitos países e, ao mesmo tempo, é completamente ignorada em outros. Entendendo as circunstâncias, a plataforma sem fins lucrativos, criada em Nova York, Arte+Feminismo busca diminuir as disparidades de gênero e inclusão de fontes confiáveis através da criação e edição de verbetes de artistas mulheres cis e trans, na plataforma Wikipédia.

Compreendendo a relevância do histórico de lutas do movimento feminista, assim como a importância do seu estudo enquanto disciplina no campo das teorias da arte. Para o mês de maio, o tema sugestionado foi Arte e Trabalho; considerando as abrangências da comemoração do Dia do Trabalhador e da Trabalhadora, no 1 de maio, e suas implicações em pesquisas artísticas, curatoriais e institucionais.

Durante essa Edit – a – thon foram criados 6 novos verbetes sobre a vida e carreira de: Lita Cerqueira, Bárbara Wagner, Aleta Valente, Anna Letycia Quadros, Mara Alvares, Lenita Peroy. Além de 47 artigos editados, totalizando 174 edições e 7 arquivos na Wikimedia Commons.

Apresentação de Michaela Blanc – Coletiva Napupila
print da reunião on line
Plataforma zoom

Apresentação de Giovana Fontinelli – WMB
print da reunião on line
Plataforma zoom

Apresentação de Daniele Queiróz – Instituto Moreira Salles
print da reunião on line
Plataforma zoom


Fernanda Grigolin , s. titulo, montagem a partir de clichês tipográficos, 2017 – 2020

Fernanda Grigolin foi a artista convidada da “Edit – a – thon Artes + Feminismos I Arte e Trabalho”. Sou Aquela Mulher do Canto Esquerdo do Quadro é uma narrativa encarnada sobre mulheres anarquistas que viveram no Brasil, México e Argentina no século passado. Uma operária, A Mulher do Canto Esquerdo do Quadro, que viveu parte de sua vida (1900 a 1968) no bairro do Ipiranga, São Paulo é a narradora da história. Trechos de publicações de mulheres anarquistas, como Maria Lacerda de Moura, Maria A Soares e Luce Fabbri, convivem com relatos sobre as perseguições, as greves e o cotidiano. Sua amiga, Tita Mundo, é outra voz presente no livro e ela relata suas atividades grevistas no Brasil, México e Argentina. Eventos ordinários e documentos se cruzam com fatos históricos, como a Greve de 1917 em São Paulo, Greve dos Inquilinos em Veracruz e fluxos migratórios entre Brasil e Argentina. A artista é doutora em Artes Visuais pela Unicamp; autora nos projetos Tenda de Livros e Jornal de Borda; é artista indicada ao Prêmio PIPA 2020.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *